quarta-feira, 9 de novembro de 2011

4 MESES e 2 ANOS E 7 MESES

Maitê fez mêsversário ontém, está linda - linda e mais calma: ainda dá uns showzinhos de manha enfrentando o bebê conforto, mas logo passa ou eu pego no colo (não sei deixar chorando... ela sempre 'ganha'!).  A danadinha já está:


- bem firminha, na tentativa de sentar,
- com a gengiva inchada apontado os 2 dentinhos inferiores,
- tenta rolar, (já não posso deixa-la sozinha na berinha da cama)
- conversadeira: uhhhhhhhhhhhhh, guhhhhhhhhhh, aiiiii, saem de suas boquinhas a todo momento, (pelo jeito teremos 2 matraca-tracas em casa)
-  peitodependente
- boazinha e calminha, mas tem um pulmão de ouro quando quer chorar
- risonha
- ah! dorme na sua própria cama e no seu próprio quarto!!! (isso  fiz diferente da Mariah)

Mariah completou 2 anos e 7 meses, e já não é mais um bebê! Ela:

- fala muito e quase tudo de forma correta, ainda não adquiriu o som do 'r' no meio das palavras, é meu CEBOLINHA, e omite o 's' no meio das palavra :caca ao invez de casca;

- está letrada! Também considero muito cedo, mas a pequena cresceu cercada de livros e além desse estímulo, a escola  faz seu papel, de maneira lúdica e informal jogam a sementinha, estimulam... E ela foi aprendendo e reconhece boa parte das letras;

- faz associações perigosas que até me assustam!  Esses dias conversava que o biso Jair morreu, virou uma estrelinha do céu. No meio do nosso papo, de muitos porquês respondidos,  ela pergunta se eu vou virar estrelinha,que ela nao quer ficar sem a mamãe.... muito rápida!;

- está muito danada!!! é bem moleca;

- quase sempre, acorda pela madrugada e foge prá minha cama;

- tem ataques de histerias em algumas madrugadas: chora, berra: MAMÁ, MAMÁ,MAMÁ.... sem dar folga ou possibilidade de conversar. Um verdadeiro inferno: todos com sono, uma criança que berra pedindo mamá,  que não consegue se acalmar prá escutar que ela já é grande, que não precisa mamar durante a noite... Acaba que para o bem de todos, ela ganha a mamadeira! Não vejo outra solução;

- beija muito a irmã, tem necessidade de marcar o território e mostrar-se presente, ciuminho básico!;

- é atenciosa, obediente, carinhosa, beijoca, linda, boazinha... palavras dela ! UMA FIGURA.

                                                                                                  
                                                                                                 


-








quarta-feira, 26 de outubro de 2011

PEITO-DEPENDÊNCIA

Estou muito feliz com a família que formei:pai, mãe, princesa e princesinha. Maitê é, assim como a irmã, um bebê muito bonzinho. Não exige muito trabalho da mamãe, nem durante a noite (Sorte grande!), sobrando tempo para dar muita atenção para Mariah, que sim! sofreu de ciumes MASTER no começo, mas agora está com aquele ciuminho natural e até saudavel. 

Maitê está beirando os 4 meses e nos últimos 15 dias passei a percebe-la mais manhosa e irritadiça (provavelmente os dentinhos que estão coçando). Automaticamente o que fazemos em uma crisinha de choro??? (será que tenho companhia nisso?) colocamos no peito! Peito prá dormir. Peito prá acalmar. É peito prá todo lado... 

Percebi isso nesse final de semana! 

Quem está a deixando PEITODEPENDENTE sou EU

Ai meu Deus! 
Fiquei super chateada com minha constatação... E ontém começamos um processo de des-manha, deixei-a chorar por quase 5 minutos enquanto cortava tomates para nosso lanche, outra coisa que fiz foi deixa-la no bebê conforto no carro, já que por vezes recusou a estar naquele lugar (muitas vezes paramos o carro, eu pegava ela e o chororô parava!). #coraçãoapertado! 
Na verdade não sou contra a peitodependência, eu ADORO amamentar! o cheirinho, o chamego, os olhares e risos geram uma cumplicidade inexplicavel... Mas sei que essa dependência mútua, já eu também fico dependente desses chamegos, é sofrida demais no momento que a gente volta a trabalhar...

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Definição

Definição de filho por José Saramago: "Filho é um ser que nos foi emprestado para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem. Isto mesmo ! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado. Perder? Como? Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo" Achei linda essa definição....

domingo, 11 de setembro de 2011

Ganhei na loteria!

Quando estava grávida da Mariah conversava com ela pedindo para que fosse boazinha, dorminhoca entre outras coisinhas de mãe. Seja pela conversa com ela ou não, Mariah veio como 'combinamos': boazinha, dorminhoca, foram raros os episódios de cólica, uma benção quando bebezinho.
(Mariah foi dar trabalho maiorzinha, por volta dos 10 meses, quando aprendeu o que era 'chupetar' o peito da mamãe madrugada a fora...)

Quando grávida da Maitê, muita gente dizia que um filho é diferente do outro, que talvez não tivesse a 'sorte' de ter outro bebê bonzinho, dorminhoco, sem dorzinha... Até acreditei, mas mesmo assim rebatia as falas com um carinho na barriga e aquele 'combinado' com a bebê.

Maitê nasceu. Linda, saudavel, peluuuuuda e igualmente boazinha! Ao contrário da Mariah,que não acordava para mamar, Maitê acorda 1 vez pela madrugada e nos últimos dias nem tem acordado. Hoje, por exemplo, foi direto das 23h30 até as 8h50. Outra coisa que também está diferente foi o local de dormir. Maitê foi direto pro seu quarto e berço, e o melhor, sem a paranóia de mãe de primeira viagem.

Esses dias o pediatra das meninas perguntou se eu senti a diferença em ter a segunda filha. TOTAL diferença! A gente fica menos ansiosa, nervosa, preocupada e isso não significa que você ama ou cuida menos ou mais de uma ou do outra.

Estou muito feliz! Minhas meninas são lindas, saudaveis, a mais velha danada demais, falante demais (dia desse até passei a maior vergonha com a Dani, direto do útero); a mais nova crescendo bastante, ficando a cada dia mais gotosinha...

Não posso reclamar da vida.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

A observação

Assistindo Princesas do Mar:

- Mãe, não tem pé!
- O que que não tem pé?
- Olha não tem.
- O que Maricota?
- A pincesa, não tem pé!
- É mesmo.
- Mas porque que não tem pé?
- Porque o moço não desenhou.
- E porque...


E lá foram mais alguns porques...

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

IUPIIIÍ! Enfim sós!?

Mariah, por ser a primeira, foi cercada de muitos medos e insegurança, além do amor. Quando nasceu grilinha dormiu os primeiros meses no carrinho, depois no berço no quarto da 'mamãe', após no quarto próprio e pelas madrugadas a fora, no meinho! Até que ladrões entraram na minha casa, (não, não estava em casa, ufa!) e o que era uma possivel independencia tornou-se retrocesso, Mariah dormia direto na minha cama, afinal (olha a neura) imagine se entrar alguem durante a noite em casa e pegar minha pequena....
Colocamos alarme e cerca elétrica em casa, mas a menina não estava acostumada com seu quarto: mamava, na minha cama, começava a dormir, na minha cama, levava ela para o berço, mas durante a madrugada ela acordava, chorava e lá ia o papai pega-la, trazia para nosso quarto e, novamente, no meinho....
Tentamos várias vezes e diversas táticas para tirá-la do nosso quarto, até que foi comodo de não ficar levando e buscando, então permitimos que ela após ir para nosso quarto pela madrugada, ficasse por lá. Embora essa ideia não me agradasse, era o que conseguiamos!
..........

Engravidei, compramos uma cama e a impolgação não a contagiou. Continuamos na mesma.
....

Agora após o nascimento da Maitê, tudo continuava da mesma forma com Mariah. Até o pintor, (isso mesmo, há um pintor entre nós! não tenho sorte com o prazo e comprometimento em efetuar o combinado no prazo), começar a pintar as janelas dos quartos. Primeiro fomos todos para o quarto das meninas, parecia um albergue: colchão espalhados pelo chão e nós quatro mesmo lugar! Depois foram as meninas que vieram para nosso quarto: Maitê no carrinho e Mariah com sua cama.

Sem grandes esforços e como sempre com muito insentivo, Mariah passou a mamar na sua cama e adormeceu. Na madrugada foi para o meinho. No outro dia, mamou e dormiu a noite toda na caminha. Foi assim nas 4 noites posteriores, até que a cama e as meninas voltaram para seus quartos. E uma dúvida: será que Mariah dormiria por lá...?


Ela dormiu!
Na segunda noite também! Na seguinte, na outra e na outra idem!!!! IUPIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!....


Tudo tem um propósito: Ficar moça para ganhar uma 'biciquéta' da Barbie fada (será que existe?) do Papai Noel.

__________________________________________________________________________

Mas essa noite Mariah teve "insônia"! Ficou acordada quase uma hora pela madrugada: me chamou, fui lá na sua cama, deitei com ela e nada! Ganhou um mamá e nada. Foi para minha cama, eu dormi e acho que logo após ela acabou adormecendo também.
Projeto Moça!!! Espero que continue...

Ana Maria em casa

Início da noite de sexta - feira, estava na casa da minha Mãe que assistia a reprise do programa MAIS VOCÊ num canal de tv paga. Nesse programa estava um mágico, que entre outras mágicas, terminou o programa entrando com a apresentadora uma cortina branca e de repente, bibidi- bobidi- bu, a ANA MARIA DESAPARECEU E O QUE APARECIA ERA UMA CHUVA DE PAPEL.

Maricota assistiu ao número sem piscar e ficou chocada! 'ANA MARIA VIROU PAPELZINHO!...ANA MARIA VIROU PAPELZINHO!...ANA MARIA VIROU PAPELZINHO!'

.
.
.

Vovô chegou, papai também e a pequena ainda dizia: "ANA MARIA VIROU PAPELZINHO!"

Fomos lanchar na padaria perto de casa. Pequena pegou um guadanapo e colocou na mesa todo picado e amassado e disse: "mamãe, a ANA MARIA."!
Impossível não rir!

Demos corda a imaginação da pequena e assim a artista global esteve entre nós nesse final de semana. Ontém, Ana Maria era o rótulo de uma garrafa que ela cortou em pedaços e colocou ao lado da TV.

Hoje vou colocar no canal para ela ver que a Ana Maria voltou... coitadinha!



quarta-feira, 3 de agosto de 2011

'ARTES'

Pegando carona com a Dani, direto do útero, posto uma 'arte' registrada há uns 2 meses ou quase isso. PORQUE SE SUJAR FAZ BEM!!

AGLUTINAÇÃO

Isso mesmo, Maricota tem se apropriado da linguagem materna 'criando' novas palavras. A mais nova, porém incrivelmente criativa, é: IRMAITÊ!

Tem também: ABREOLHOS
FECHOLHOS
MAIRMÃ
MINHAMÔ
...

quarta-feira, 27 de julho de 2011

MAIRMÃ



MAIRMÃ, dessa forma que Maricota tem chamado Maitê.


Minha angústia de como nossa vida seria após Maitê passou e tornou-se realidade. Nos primeiros dias Maricota estava muito agressiva: fffffffeia e malvaaaaada saiam de sua boquinha carregado de sentimentos. O alvo: minha mãe, que ficou com ela durante minha estadia no hospital e que nos paparicou na primeira semana, ficamos em sua casa nesses dias.
Admito: chorei muito! Me partia o coração ver que minha gatinha estava sofrendo e por mais que ela estivesse super bem com o bebê, seus sentimentos eram confusos.
Após o terceiro dia em casa Mariah começou a se acalmar e a estar menos agressiva. Ufa!
Hoje Maricota está ainda em adaptação, ora está tranquila, ajudando a cuidar da irmãzinha, ora está mais teimosa e manhosa. Tenho exercitado minha paciência, sendo muito mais tolerante, até porque quando tomou uma bronca chorou de forma compulsiva...
Mas a vida vai voltar ao normal em breve!

Tirando esses pequenos contratempos, como é bom ser Mãe!

quinta-feira, 21 de julho de 2011

terça-feira, 5 de julho de 2011

Fofa Malagueta

Conheci duas irmãs por intermédio de uma amiga, na ocasião as duas estavam montando uma loja virtual de roupas e acessórios para os pequenos: Fofa Malagueta.

Xeretando vi várias roupinhas e vestidos bem bonitos, diferentes e com bom preço. Além de achar algo que nunca ví antes: alvo do xixi! Indicado apenas para meninos que estão aprendendo a usar o vaso, é literalmente um alvo que muda seu desenho assim que acertado pela urina. Achei bem legal!!

Fica a dica: www.fofamalagueta.com.br

Coração apertado

Essa semana é a última da minha grilinha como filha única.

O que será de nossas vidas?
Como Maricota irá reagir depois do nascimento da Maitê?
Como vou administrar as coisas corriqueiras do dia a dia?
Se Maitê tiver cólicas ou for uma bebê chorona e pouco dorminhoca, darei conta das duas?
.
.
.
.
.
.
.


Minha cabeça fervilha, meu coração aperta e a ansiedade torna-se presente.


últimos dias no forninho, Maitê chega essa semana! Bem vinda meu novo e grande amor!

segunda-feira, 27 de junho de 2011

selinho: Minha mamãe é...



Recebi esse selinho da Ju, pinguinho da mamãe, e adorei!
Pensei que Grilinha fosse demorar para entender a brincadeira, mas mais estava enganada e até fui 'zombada' por ela. Vejamos:

1. Minha mamãe é... Majoli (MÁRJORIE)
2. Minha mãe gosta de ... tananá também (guaraná- ela estava brincando com os copinhos de licor do barzinho)
3. Que cheiro a mamãe tem... de chocolate ( sou uma delícia!)
4. Mamãe gosta de comer... bolo. (fizemos um hoje)
5. Onde gostamos de passear... no boque (nós vamos passear no bosque enquanto seu lobo não vem!)
6. Ela trabalha... no boque (hum?!)
7. O que a mamãe mais gosta de fazer... de tabalha (passei a tarde corrigindo provas, mas não significa que...).
8. A mamãe fica brava quando eu... não sei (sabe sim! tem horas que fico uma fera ou não?!).
9. O que mais gosto na mamãe... de nada (tô mal na fita! repeti a pergunta e mesmo assim, continuou a me servir tananá e a repetir NADA! com a cara mais danada do mundo, enfim...)
10. Um presente para a mamãe: supiro (suspiro, o doce).

As regras:
1.Perguntar ao seu (s) filho (s) as questões abaixo, anotar as respostas e compartilhá-las no blog (essa é a graça da brincadeira);
2. Indicar mais dez blogs para receber o selinho;
3. Linkar o blog que ofereceu o selinho a você.
Claro que só é possível entrar nessa quem já tem filhos que entendem as perguntas e conseguem respondê-las, seja com palavras, seja apontando figuras. Não tem problema se a criança não conseguir dar todas as respostas

os indicados:
Vou quebrar a regra, desculpem!. Todos que quiserem participar sintam-se a vontade.

festa da Junina

Em meados desse mês rolou a tão esperada Festa da Junina. Não cantamos parabéns como ela esperava, mas nos divertimos muito...
AH! vale registrar que nessa festa rolou um selinho entre minha filha e Léo! Com direito a flagra do fotografo da festa e Papai bravo, hummmmm!


Diversão garantida:









minha Caipirinha!

domingo, 26 de junho de 2011

Se você quer sorrir...

Ai-ai! Deixei meu pré-conceito de lado e levei minha garotinha ao Circo do Patati e Patatá. Fomos Maricota, Tia Dani, Léo e eu. Tirando o calor dentro do circo e pilastra na frente, foi muito legal! E ontém cantarolou no carro um pedaço da música deles:'Come prá mamãe ficar feliz!'. Sinal de que estava mais do que ligada, já que não temos o DVD deles aqui em casa, o que EU acho muito bom!
Sei que ela está na fase de ver repetitiva vezes um DVD e particularmente não gosto desses que cantam, cantam... que feio!



PATATI E PATATÁ


Amigos: Léo e Maricota

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Conflito de identidade

A cada momento ela assume uma dessas personalidades... e nós, a família toda, temos que acompanha-la!




Eu sou a Tabiela! (Gabriela do Sid o Cientista)




Lilo (Lilo e STITCH)



Banca de Neve (ela e muitas outras princesas rondam a nossa casa)



Uniqua (Backyardigans)

terça-feira, 7 de junho de 2011

Pérolas

- Parabens tá você
nessa data quelida
muitas felicidades
muitos anos felida
e pá JUNINA nada...

- tom quem selá que a Junina vai casar?

Afinal de contas é FESTA JUNINA, logo tem que ter bolo e cantar parabéns! rssss...




- Cindelela, Cindelela...
- o que foi Mariah
- Sou a Banca di Neve. Que tá fazendo Cindelela?
...........

-A Vó é a Seleia, o pai de PINCESO passou a ser Píncipe, o Vô Gila é a Bela....! ainda não consegui mudar e transforma-lo no píncipe.



quanta coisa gostosa, essa fase é muito engraçada... A última, assistindo Enrolados aparece a mãe má que rouba a Rapunzel da mãe rainha, estava conversando com ela sobre isso até vir a pergunta: - Você é má mamãe?!

sábado, 7 de maio de 2011

feliz dia das MÃES!!!

Ser mãe mudou a minha vida: o mundo tornou-se mais colorido e, contraditoriamente, mais temeroso.

Descobri um amor incondicional,gostoso, alegre, sutil, zeloso e delicado. Nenhum outro amor é igual ao de uma mãe para um filho. Não sei explicar, mas sei o quanto é diferente o amor que sentimos ao bebê nascer.

Se criasse uma enquete para ver quantas mães dariam TUDO da sua vida, inclusive a própria, em troca da felicidade da cria, acredito que 99% não pensariam 2 vezes e se doariam por ele.

Mães, muitas felicidades, saude e amor para vocês e suas famílias.

Filhas, Mariah e Maitê, amo muito vocês! Obrigada pelas experiências de vida que me proporcionam, pelos momentos de felicidades imensas, pelos chutes constantes na minha barriga (essa é para a TETÊ) e para você Tatá, pelos nossos momentos de gargalhadas gostosas, beijinhos no pitoto (pescoço)e horas de muito papo.

Mãe, obrigada por tudo, tudo, tudo!!!

bjos a todos

domingo, 1 de maio de 2011

Teatro

Ontém fizemos um passeio cultural: levei Maricota pela primeira vez ao Teatro!

Essa peça da Cia Clara Teatral, veio para algumas apresentações num centro cultural em nossa cidade. Apesar do adiantado da hora, começou às 20h., valeu a pena!





Muito engraçadinha, a peça mostra algumas peripécias de um menino boneco. Curtinha, musical e engraçada. Maricota não piscou os olhos, ficou vidrada nas artes do bonequinho.

Adoramos!

domingo, 24 de abril de 2011

atualidades

eita falta de tempo, de disposição e inspiração para blogar...

Como já contei antes, estou em jornada tripla de trabalho. O tempo que me resta são para meus amores e um pouco mais de trabalho, afinal, vida de professor não é fácil. acho que não conheço nenhuma outra profissão que leve tanto trabalho para casa e que, digamos a verdade, não seja beeeemmmm remunerada...

Bem as novidades.



Nesse mês Maricota fez aniversário.




Foi a festa mais esperada da vida da pequena, com direito a contagem regressiva para o dia da festa:
- Meu versario tá chegando?
- Sim Maricota, tá chegando.
No dia: - Parabéns pra vc, nessa data ...
- Não mamãe, meu versario tá chegando!

Demorou para entender que o 'versário' tinha chego. A festa foi ótima, grilinha brincou muito, dançou, comeu amendoim, tirou várias fotos (muitas a contragosto) e curtiu muito a festinha! Nós, como pais de primeira viagem, estávamos super ansiosos e temerosos para que tudo desse certo.


Não posso deixar de registrar que há uma névoa negra que circunda minha família e o niver da Mariah. No ano passado, seu primeiro aniversário, faríamos um bolinho só para a família, que já é um número bastante expressivo. Porém acabou não acontecendo, pois meu avô materno, Vô Jair, foi hospitalizado, agravando ainda mais sua saúde (tinha tido outro AVC, mas esse o deixaria de cama até final de Outubro, quando veio a falecer). Esse ano, no domingo que antecedeu o aniversário da Maricota, meu avô paterno, Vô Jorge, foi hospitalizado!!!
Não acreditei! Teve um AVC, saiu do hospital, foi na festinha, mas está debilitado! Deixou sequelas, o lado esquerdo paralizou, está usando cadeira de rodas... lamentável dizer e pensar, mas é o começo do meu outro avô. Brincamos em família que a nuvem negra devia passar para outros lados, deixar a gente um pouco de lado... Mas na alegria e na tristeza estamos aí ou aqui ou lá... não podemos desistir!


Enfim, é a vida!




Maitê está crescendo(já estou entrando no 7o mês) e Mariah está próxima da irmã (in barriga).





Semana passada, Maricota foi a SP com minha mãe. Visitaram a livraria Cultura na Paulista. Lá Maricota ficou maravilhada com tantos livros, queria ler junto com as pessoas, que paravam sua leitura para rir dela! Vovó comprou 3 livros, um deles é sobre irmã. Quando chegou em casa, com a sacola de livros em punho, sentou ao meu lado e começou a ler o livro da 'MAIRMÃ'...


Semana que vem teremos (minha) primeira festinha da escola de Dia das Mães... Aliás, percebi que minha pequena está cada vez mais independente, autônoma e organizada após a escola. Seu vocabulario está mais complexo, reconhece formas (não sabia antes de iniciar as aulas), sua coordenação motora fina está mais treinada... quase uma moça!
Vou entrar em contagem regressiva e começar a arrumar as coisas para Maitê, que coitadinha, ainda é uma criança pelada... falta-me tempo para comprar até suas roupinhas...

até mais

terça-feira, 29 de março de 2011

Pílula falante

Já disse em outros momentos que Maricota fala - fala- fala prá cachorro, igual a Marta, sabe?




Antes mesmo de falar, balbuciava sons variados, que eu sempre fingia entender.
Hoje, que fala T.U.D.O! desembesta a falar por minutos, vários desses, tipo um tempo inteiro de um jogo de futebol: resmunga e briga sozinha, canta, brinca, caça assunto como se fosse gente grande.
Mas as últimas pérolas da minha 'MARTA' são: 'QUE É ISSO?', para todas as coisas,e 'NÃO É SEU, É MEU!', encrencando com tudo e todos que estão com coisas que ela acha que lhe pertence...


Eu que pergunto, O QUE É ISSO? de onde vem tanta astucia dessa pequena?
Não sei de onde surgiu isso, mas juro que não foi aqui em casa...

segunda-feira, 21 de março de 2011

Notícias MARA!

Trabalhando em três lugares, sendo mãe, mulher, filha e gestante ao mesmo tempo... o TEMPO ficou realmente escasso! Mas enfim, falta pouco!
Nas últimas postagens havia comentado sobre a FADA, a famosa roupinha de carnaval que despertou a FANTASIA da minha pequena.




Ela curtiu muito e ainda temos dias de carnaval.


Outra acontecimento que movimentou nossa casa foi o novo ultrassom. Descobrimos que o ZEZÉ é uma MENINA, a Maitê! Que está super saudável, grande, linda... Fiquei muito feliz! Parece até que a gravidez tomou outra direção, tomou forma, nome e personificação. E graças aos céus, está tudo bem! (o que na verdade é o mais importante!)
Para Mariah também foi diferente, ela também sentiu a 'personificação' do ZEZÉ. Desconversava, ignorava as conversas sobre a BEBÊ, depois da escolha do nome ainda chamava a barriga de Zezé ou Ana e até mesmo João! Durou uns 4 dias... Nesse final de semana ela passou a chamar a bebê de irmã, a pronunciar o seu nome, a dar beijos por iniciativa própria; fez as pazes. UFA!

Resumo da ópera: felicidade!!!

terça-feira, 8 de março de 2011

Fralda para desfralde

Essas são as fraldas para desfralde. São boas porque evitam roupinhas molhadas po xixizinhos, mas não seguram número 2 intensos.





só conheço dessa marca e não sei se existe outra. Fica a dica!

sábado, 5 de março de 2011

O xixi de moça e o frio

Eita saga!

Estavamos empenhados ao maximo para tirar a fralda e ajudar Grilinha a tornar-se uma moça, que faz xixi no banheiro. Mas veio o frio... passei a usar aquela fralda para desfralde que parece uma calcinha,ótima para evitar pilhas de roupa para lavar em tempo que nao seca.Resultado: muitos xixis na fralda, poucos no vaso.

Que raios é esse de desfralde!

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Contagem regressiva: aniversário chegando

O aniversário da Maricota está chegando e ainda tenho algumas coisas para definir. Fomos ontem ao maravilhoso paraíso das compras: 25 de Março. Acho que nunca tinha ido até lá em dia tão tranquilo, Maricota passeou o tempo todo no carrinho, não tinha tanta gente e nem empurra e empurra. Maravilhoso de verdade!
Comprei todos os descartáveis para a festa, além de encontrar as tão procuradas lembrancinhas e uma linda fantasia de Fada para o Carnaval. Não resisti ao ver aquele pedacinho de pano que deixaria minha gatinha mais gatinha ainda.Maricota está toda empolgada com a festa na escola e a fantasia que escuta qualquer música e logo enrola a língua para dizer que é Carnaval e sai dançando como uma bailarina de dança do ventre mexendo os ombros. Muito engraçado!

Voltando ao aniversário, parece que nunca tem fim! Sempre tem uma outra coisa para ver, que leva a alguma outra coisa e assim vai... Preciso de ideia para embrulhar a lembrancinha, comprei uns squeeze com carinha de abelhinha e de joaninha, já que o tema da festa é jardim. Não sei se coloco somente o squeeze, que acho que é pouco, ou se coloco com outras guloseimas, o que acabaria ou não com a mesa de guloseima... não sei!

Natação

Semanas atrás, aceitamos o convite da Dani, diretodoutero.blogspot.com, para experimentar uma aula de natação na escolinha do Leléo. Fomos! Maricota adorou, parecia super intima da piscina, professor e colegas. Realmente é muito gostoso e a mamãe peleja um pouco com os braços e pernas ao conduzir o rebento na aula.
Voltamos essa semana, mas os dois amigos estavam revoltados. Leléo queria nadar sozinho e Maricota queria fazer coisas da sua própria vontade, detalhe que também sozinha...Se não bastasse todas as manhas e chatices, grilinha ainda queria me abandonar! Onde já se viu isso... Não queria o meu colo e minha companhia, queria a tia 'NANI'. Fui duplamente rejeitada, porque o Léo também não me queria...
Sei que nesse dia Maricota não tinha descansado direito da cansavel manhã escolar, mas chatices a parte, ela tem preferido o pai a mim. Não sei se é natural ou por conta da barriga que vem aumentando cada vez mais, mas ela, mesmo continuando ser minha companheirinha, o PAI tem sido escolhido para compartilhar mais beijos, abraços e risadas.
Triste isso, (pelo meu olhar) mas passa!

Outra novidade, estamos iniciando o processo de desfralde. E como isso é difícil pra nós mães. Na verdade nem sei se é hora de tirar ou não, será que minha pequena está preparada? Ela não pede antes de fazer...
Resultado dessa semana: 4 dias de tentativas = 4 xixi no lugar certo, inúmeros pelo chão, sofá (sorte que é de couro) e tapete.
Vou tentar mais essa semana...

domingo, 20 de fevereiro de 2011

vê se pode...

Sexta - feira: saindo da nova escola, Maricota aponta pro salão de cabelereiro que vamos as vezes: "Pinta unha, mamãe"
"Mas vc ja está com a unha pintada filha! Amanhã a gente vem na TOSHIE cortar o cabelo."
Entramos no carro e logo ela dormiu, acabada.

Sábado: "Mãe, corta cabelo Maniah na Toshie, u-favor!"
"Tem que pedir tutu pro seu pai." Papai estava na loja, ufa!

Foi passear com minha mãe e irmã: "tia, dá tutu a Maniah corta cabelo Toshie!"

Pode uma coisa dessa...

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Muitas novidades

Um tempão sem escrever... mas você filha (Maricota) está a cada dia mais linda, esperta e danada. Que delícia! Zezé (a barriga) também está ótimo! Cada dia maior e deixando a mamãe na expectativa para logo mais descobrir quem é. Maricota já elevou a barriga ao cargo de irmão, um grande começo para futura união.

Nesse ano Grilinha está em uma escola de verdade, antes ficava em uma tipo creche. Fizemos a adaptação onde pude acompanha-la, conhecer pais e crianças da sala. Lindos e pequenos.



eu tenho agonia dessa piscina de bolinha... Mas ela adora!!!



Fazendo 'lição'.





Não saiu da cozinha...



Grilinha está toda empolgada com a escola nova. Conversando com sua professora vamos começar o desfralde essa semana. Espero que de certo!

domingo, 23 de janeiro de 2011

fim de ano, amigos, férias e charme...


Meu peixinho!



Sorriso mais lindo!!! e nariz levemente inchado, bebê você está aqui!



Glu-glu-glu a Malu é do Peru. Gla-glu-glã a Mariah é do Bacan!


Férias! era preciso brincar, Juju em casa! Ah! Juju foi promovida a 'JULA'.


Leléo e o presente do 'papai Oel'. Amigos desde a barriga...


Primeiro rabinho de cavalo, ou melhor, tentativa de rabinho...


Quanto charme! Impossível resistir.

Ufa! passou o período de tormentas...

Depois de tempos de molho, medos, privações e de práticas exacerbadas de paciência, ACABOU! Recebi alta médica, além de uma super dose tranquilizante de que está tudo bem com o bebê.
Ufa! Agora estou curtindo de verdade a minha desejada segunda gravidez.
Zezé (a barriga) está crescendo, a leitaria, que já era abundante, agora está explodidora e dolorida, rosto levemente modificado por um sutil inchaço das narinas, sapatos começando a apertar... Que delícia! O bom é saber que passa...

Mariah está a cada dia mais figura e danada! Estamos nos preparando para o começo do ano escolar de escola nova e iniciando os preparativos para seus 2 aninhos. Essa semana de tanto escutar sobre sua festinha resolveu começar a cantar parabéns.'PAABEIS VOCEEEEÊ... HEI! TUUUUUUUUUUUDOOOOO... É PIPI, É HOLA, RA-TIM- BUUU... MÁRIAH, TÃNÃNÃ!'
Mas nesse dia foi diferente: estava radiante com um brilho encantador nos olhos. Cantou parabéns para todos: mamãe, papaiê, vovó Tintiá e vovô Gila. Na sequência pediu 'dançá mamãe' me puxando pelas mãos,
'mão na 'BEÇA, mão na 'CIN-U-A', mão no 'ELHO', mão na 'BUDA'.
Parei e falei 'no bumbum'. Ela
' no bubum' .

Escutou tal palavra semana passada com os primos mais velhos, que na mesma hora foram corrigidos a falar bumbum. Mas não é que a danada gravou isso...

bjos e boa semana

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Uma gravidez BEEEEEEM diferente

To quase pirando!!! Não tenho coração pra tanta emoção e novidade...
Quando Maricota estava na barriga não tive nenhum grande susto. Ou melhor, passei um susto quando no final da gestação uma medica fez um US mal interpretado, onde minha pequena estava menor do que deveria. Na hora minha querida medica me acalmou e depois refiz o exame e estava tudo certo.

Agora, essa minha nova barriga vai me matar de susto, medo, angustia...
Peguei hoje o resultado do exame. Abro. E la no final, no parecer ultrassonografico leio: risco de trissomia do cromossomo (21 Síndrome de Down), segundo critérios da fundação de Medicina Fetal.



PARALISEI!

Meu coração bateu forte e angustiado. Liguei para a medica, ela estava indo viajar hoje, mas pediu para ler todo o laudo medico e no final desse existe uma estatística: 1/1986. Ela explicou que há uma (1) possibilidade entre 1986, me tranquilizando.
Que medo! Percebi que não estamos preparados para um filho não perfeito. Sei que não e o fim do mundo, ate já trabalhei com uma criança portadora de down, mas balancei.
A gente não espera ou pensa nessa possibilidade.


Quarta - feira vou levar o exame para a minha medica ver o resultado, conversar com ela para tirar todas as duvidas. E fazer um novo exame.
Lado bom de hoje, estou de alta! Continuo apenas com o remédio.



Guenta coração!!!

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Filhos...

Esses dias estava pensando na nossa vida depois de tornar-se MÃE. Tudo muda com a chegada do pequeno e amado ser, nossas prioridades estão voltadas às necessidades do pequeno: viagens, sono, leituras, televisão, música, comidas, sem falar da comissão de frente menos densa e mais próxima da gravidade...
Acho que a gente nem percebe tais mudanças, acontecem de modo natural e de repente você se descobre fã de Peixonautas e outros tantos desenhos e músicas infantis.
Com a vinda da Mariah foi assim, aconteceram mudanças lentas, naturais, sem sofrimento. Mas agora com o BEBÊ... digo que no mínimo ele terá que me amar muito! Nem bem me percebi grávida e ele já se fez presente na minha vida, me privando de algumas coisas: sair de casa, 'bater cotia', passear, entre tantas outras coisas, incluindo namorar!
Ai!ai! só sendo MÃE (no amplo sentido que a palavra permite) para passar por essas coisas. Na verdade a gente sabe o quanto é recompensador ver aquele sorriso lindo, aquele olhar pidão de carinho, o quanto é bom sentir essa forma de amor, que é diferente de todos aqueles amores experimetados por quem ainda não é mãe. Conversando um dia com a minha, chegamos a conclusão de é um amor tão grande que dói, pensar ou imaginar que algo de ruim pode acontecer aos nossos já nos causam sofrimento e dor, seríamos capazes de dar as nossas vidas para que nada acontecesse de ruim aos nossos filhos.
Amanhã vou ver meu bebê novamente,faremos o primeiro US morfológico e de verdade, minha expectativa é que o Bebê esteja bem e saudável e,claro, esteja 'colado'. A barriga já está mais redondinha e recebe beijos diários e espontâneos da irmã, que até anda ajudando a passar creme na barriga, que já ganhou um novo apelido ZEZÉ.
Mas já percebi que também rola um ciuminho. Ela vem pedido para a avó pega-la após o banho como um nenenzinho e dia desse ela fez 'gol' na minha barriga. Estávamos deitadas quando ela sacudiu os pés em direção a barriga e contou direitinho para o pai.
Me senti tão culpada! Será muito cedo...
Peguei algumas fotos onde estava grávida e conversei com ela. Mostrei ela nenenzinho, na barriga da mãe. Ela namorou as fotos por alguns dias e não ocorreu nenhum outro episódio de rebeldia, mas estou pronta para os que vierem.Dizem que é natural.

bjos!
Hj Mariah tem visita, a prima Julia. Ela precisava de alguém para brincar de verdade!
ah! mesmo sendo privada de muitas coisas, BEBÊ EU TE AMO!!!

feliz ano novo!!!

Sei que estou 10 dias atrasada, mas recebi esse texto via email e gostei bastante. Um excelente 2011!


Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez com outro número e outra vontade de acreditar que daqui para adiante vai ser diferente...

Para você, desejo o sonho realizado

O amor esperado

A esperança renovada

Para você, desejo todas as cores desta vida

Todas as alegrias que puder sorrir

Todas as músicas que puder emocionar

Para você neste novo ano,

Desejo que os amigos sejam mais cúmplices

Que sua família esteja mais unida

Que sua vida seja mais bem vivida

Gostaria de lhe desejar tantas coisas...

Mas nada seria suficiente...

Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos,
Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto, ao rumo da sua FELICIDADE."

(Carlos Drummond de Andrade)